Presidente da CPI determina prisão a ex-diretor do Ministério da Saúde

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPIda Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), determinou nesta quarta-feira (7) a prisão de Roberto Dias, ex-diretor de logística do Ministério da Saúde. O presidente da comissão alega que Dias mentiu aos parlamentares. Esta foi a primeira prisão determinada na CPI da Covid desde o início das investigações.

Roberto Dias é apontado como o responsável por um esquema de propina dentro do Ministério da Saúde para superfaturar a vacina contra a Covid-19 da Covaxin. Ele está sendo acusado de pedir US$ 1 por dose do imunizante e de pressionar um servidor da pasta para agilizar a compra da vacina, que é produzida na Índia. Ele negou as acusações.

Durante o depoimento, Aziz acusou por várias vezes Roberto Dias de ter omitido informações. “Chame a polícia do Senado. O senhor está detido pela presidência da CPI”, determinou o senador. A decisão foi imediatamente questionada pela advogada do ex-diretor do Ministério da Saúde.

SOBRE A: CULTURA FM

Fundada em junho de 2009 pela a Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Aracatiaçu. A Cultura FM é um sistema de radiodifusão comunitária, operando na freqüência 105,9 MHz, para Aracatiaçu e toda região leste do município de Sobral.

0 Comentários :

Postar um comentário